Como a internet permanece cheia de conteúdos e informações, as marcas precisam trabalhar mais do que nunca para se conectar com as pessoas online. Sabe-se como colocar a mensagem das marcas nos feeds de notícias das pessoas através de métodos como a segmentação, campanhas pagas, posts impulsionados, ou trabalhando com influenciadores. Mas uma vez que se está de frente para o seu público, como você sabe se a sua mensagem está causando um impacto e criando engajamento com a sua audiência da maneira que você espera?

Seu público consegue ver algo falso de longe. Nós nos conectamos e nos engajamos com conteúdos reais, e cada vez mais as pessoas percebem o que não é autêntico.

Por definição, autenticidade é algo real ou genuíno. Isso definitivamente é algo que você deveria utilizar nas mídias da sua marca. Mesmo que todo mundo use a ideia de “manter as aparências” nas mídias sociais, autenticidade vem de forma natural para várias empresas e pessoas.

Marcas têm um desafio árduo de se manterem autênticos online, porque elas não são pessoas. Então, como as marcas podem manter a autenticidade nas redes sociais e se conectar com o seu público de maneira real e duradoura? Aqui vão algumas dicas para ajudar a sua empresa.

1. SEJA HONESTO E TRANSPARENTE

Isso pode parecer óbvio, mas é preciso ser dito. Todos nós nos deparamos com alguns conteúdos falsos online, sejam elas Fake News, imagens adulteradas, situações que parecem ser boas demais para serem reais…

Conteúdos falsos estão em todos os lugares. As pessoas notam isto de forma muito rápida e logo os descartam, elas estão mais inteligentes do que nunca. Todos podemos identificar facilmente que uma marca é falsa e não tem uma boa imagem.

Como marcas, é necessário se manter o mais longe possível da desonestidade, mas isso não é um conselho novo. Então leve a honestidade e a transparência como um pilar para a sua marca. Seja honesto e realista sobre o seu produto ou serviço o máximo que puder. Utilize as redes sociais para humanizar a sua marca.

Se você vende um produto, compartilhe histórias sobre como ele é feito. Conte às pessoas de onde os materiais vêm, como é produzido, ou como você desenvolve o que você quer que seja comprado. E se você oferece um serviço, compartilhe o trabalho dedicado ao desenvolvimento e a criação da experiência do cliente.

2. ESQUEÇA AS “CALL TO ACTION” POR UM MOMENTO

Fundamentalmente, uma das principais metas do marketing é criar oportunidades para vendas, e as estratégias de marketing digital não devem ser diferentes. No entanto, é muito fácil ser pego ao tentar tornar toda e qualquer interação em uma venda rápida ou um apelo à um “compre agora”.

Quando se trata de conversões ou vendas, trilhe um caminho estruturado e bem nutrido com o seu cliente. Tenha um equilíbrio entre posts de conversão, posts de vendas, e posts de visam o engajamento com o público.

Ao criar momentos positivos com a marca, usando conteúdos interessantes, cria-se uma conexão com o público e faz com que as pessoas se sintam parte de sua marca.

3. SE VOCÊ ERRAR, VOCÊ É O RESPONSÁVEL 

Todo mundo já passou por isso. Um erro de digitação acidental, uma resposta que não foi muito bem preparada, ou um post que foi simplesmente um fracasso. Pequenos deslizes nas redes sociais são, muitas vezes, inofensivos, mas erros podem prejudicar a reputação da marca mais rápido do que se imagina.

Pode acontecer com qualquer um, e quando acontecer, a primeira reação deve ser deletar o conteúdo ofensivo e esquecer tudo que aconteceu. Mas aqui está um pequeno segredo não tão secreto: você não consegue excluir nada na internet.

No segundo que você posta algo, isso está de forma permanente marcado na web. Então, no infeliz momento que você teve um deslize você é responsável por isso. E logo, você terá que descobrir a melhor forma de consertar seu erro.

Mesmo em situações muito sérias, aceitar o erro e pedir desculpas por ele pode ajudar a reparar alguns dos danos já causados.

Faça o que você pode para solucionar o problema, e certifique-se que o seu público saiba o que será feito para isso não se repetir. Além disso, e se você ficar preocupado com a influência desses pequenos erros para a sua empresa, lembre-se que na internet tudo passa muito rápido.

Em situações menos graves, como um erro de digitação, simplesmente o corrija. Se você conseguir contornar a situação, ou até transformá-la em uma piada, dê uma chance – especialmente se isso se adequar à personalidade da sua marca.

Fingir que as coisas nunca aconteceram, especialmente quando o erro é muito sério, pode causar uma pilha de problemas mais tarde. A presença de erros deixa claro que há pessoas reais trabalhando na empresa e humaniza a sua marca.

4. SE CONECTE COM O SEU PÚBLICO

Se seu conteúdo social estiver lá apenas para coletar visualizações, cliques ou curtidas, repense a sua estratégia de marketing. É melhor não postar nada do que postar conteúdos irrelevantes e de quallidade abaixo do esperado apenas para ganhar cliques.

Reserve um tempo para criar um calendário de conteúdos de mídia social bem planejado e verifique se todas as suas postagens irão criar engajamento com seu público. Lembre-se de que cada postagem deve ser atribuir algo positivo à sua marca.

Veja o conteúdo na íntegra clicando neste link!

Ficou com alguma dúvida ou tens alguma sugestão de assunto para abordarmos? Comente abaixo!