O marketing digital possibilita uma transmissão automática de conteúdo relevante para os seus clientes e, no caso das franquias, pode ser o que faltava para a sua rede engrenar de vez e estar sempre mais próxima de seu público-alvo. Hoje, os negócios dependem da eficiência na velocidade e na automação para obter sucesso nos contatos que transmitem alguma mensagem com o propósito de engajamento do seu público e por tabela o aumento de vendas e do alcance de interessados em produtos de sua rede.

Uma campanha bem elaborada e lançada no timing correto pode ser sinônimo de sucesso no alcance de objetivos pré-definidos em sua rede de franquias. É por esse motivo que a transmissão de informações está passando a ser mais e mais rápida, podendo contar com a evolução dos meios usados na comunicação pela Internet. De maneira geral, essa realidade está ainda um pouco distante em algumas redes, que não exploram da melhor forma e prejudicam assim o andamento dos seus setores relacionados à comunicação. Se você deixar passar esse timing, provavelmente irá estar um passo atrás das redes que dedicam grande parte de seu tempo para fazer com que seus consumidores estejam mais próximos deles.

É nesse momento que passa a fazer sentido que você elabore suas estratégias de marketing digital, em que o indispensável é idealizar qual a rapidez e a praticidade que pretende ter nesse fluxo. A automação do marketing é uma prática que as redes de franquias precisam estudar e aplicar. Isso porque seu público-alvo costuma ser mais amplo do que o público das empresas convencionais, considerando que as redes podem atuar nas mais diferentes regiões.

Quando o time de marketing da rede desenha as suas estratégias para a automação, precisa encontrar meios para que as ações de marketing da marca possam ser feitas automaticamente. Dessa forma, será possível trabalhar a eficiência no que diz respeito à velocidade da entrega de mensagens. Isso faz toda a diferença no lead nurturing da franquia, termo esse que representa a quão próxima a marca está do seu consumidor. Com a prática da automação de marketing, tanto os clientes, ou os prospects, que são os consumidores em potencial, irão acompanhar muito mais de perto as ações da marca, quanto a marca poderá ficar mais próxima dos público-alvo que abrange.

A seguir, estão as 3 dicas indispensáveis para você que visa otimizar o processo de automação de marketing dentro do seu negócio de franquia. Lembramos que, é necessário que o processo seja sempre atualizado. Dessa forma, a comunicação entre a rede e seus consumidores poderá ser a mais dinâmica possível.

1. UTILIZE A LINGUAGEM PESSOAL

Quando pensamos em automação, logo pensamos na definição de como serão transmitidas e de que maneira convidativa e individual as mensagens e conteúdos são enviados em massa para os públicos. Portanto, é um papel do time de marketing definir como a linguagem dos e-mails ou outros canais será utilizada para cada público-alvo, para que se desenrole de maneira mais natural possível e que se tenha uma boa taxa de conversão que representará a aceitação do formato usado na comunicação.

Independentemente do perfil, a linguagem deve ser pessoal. E-mails escritos em segunda pessoa do singular soam como uma conversa da empresa para o cliente, por exemplo. As mensagens em si já soam automático demais, a linguagem precisará ter menção de exclusividade, e isso se dá com uma linguagem mais próxima das pessoas possível.

2. É PRECISO MONITORAR OS LEADS

Mandar e-mails com uma linguagem pessoal é uma maneira de observar os leads com eficiência. Os leads referem-se às pessoas que têm interesse na marca e que são considerados potenciais clientes. O primeiro contato dessas pessoas com o negócio pode ter acontecido através de campanhas nas redes sociais, listas de envio de e-mail contendo landing pages, entre outros.

Observar esses leads é essencial. Fazer a automação em marketing sem saber qual é o comportamento e os gostos desses leads não faz sentido. E, para isso, é fundamental que o time de marketing esteja orientado a ter atenção ao modo que essas pessoas interagem com as campanhas e conteúdos fornecidos pela franquia. A aferição dos resultados das campanhas que detalham o monitoramento dos cliques, por exemplo, em links de e-mails é uma maneira de interpretar os leads. Há algumas plataformas online que permitem esse controle.

3. DISTRIBUA OS LEADS EM GRUPOS

Separar leads em grupos semelhantes possibilitará que se produza conteúdos realmente eficientes em relação ao fluxo de comunicação entre a marca e o lead/consumidor. Um exemplo é a divisão por faixa etária e, criando esses grupos, o time de marketing está mais preparado para produzir.

A importância de otimizar a automação de marketing na sua rede é evidente, e esperamos ter ajudado com as principais dicas para que você possa dar início à constante otimização desse processo. Deixe nos seu comentário se ajudamos de alguma forma e também se tiver qualquer dúvida!