As estratégias de marketing possuem o objetivo de agregar valor à marca. O valor físico de seus produtos podem ser calculados facilmente, no entanto, as percepções de seus consumidores são o que realmente determinam o valor que a sua marca e seus produtos têm no mercado.

Por isso, comunicar esse valor aos clientes por meio do seu marketing é essencial para o sucesso a longo prazo da sua empresa.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Como saber avaliar uma marca?

É difícil atribuir um valor monetário a uma marca, mas, por mais intangível que seja o valor da marca, uma marca forte obtém consideráveis ​​benefícios comerciais:

  • Consciência
  • Credibilidade e autoridade
  • Reputação
  • Satisfação do cliente

Esses critérios são fatores que auxiliam o marketing avaliar a qualidade da sua marca no mercado. E são os principais objetivos por trás das ações do marketing.

Como o consumidor avalia isso?

O consumidor consciente está disposto a comprar, mas anseia por valor. Na busca por valor, eles consideram fatores como:

  • Pesquisa. Sessenta e sete por cento da jornada do comprador são concluídas digitalmente, o que significa que o consumidor atento deseja e possui muitas informações sobre as empresas que têm o que ele deseja
  • Prova social. Ter um ótimo produto não é suficiente. O consumidor atento procura opiniões on-line, recomendações de perfis em redes sociais ou de conhecidos..
  • Identidade e preferência. Os clientes estão atentos a um relacionamento entre suas decisões de compra e sua identidade. Eles estão olhando para tomar uma decisão de compra que se adapte à sua marca pessoal.

Todos esses fatores participam da decisão de compra e são como adicionais do seu produto. No centro de sua pesquisa, os clientes na maioria das vezes procuram formar um vínculo com uma marca que consideram de alto valor.

Comece a sua estratégia de marketing

As suas estratégias devem ser estudadas de acordo com o seu público e de acordo com o seu segmento. Veja os passos e o

1.Defina a sua abordagem, diga o motivo de você ser diferente dos outros.

Se você deseja construir uma marca forte, o marketing não pode ser limitado a um departamento. Todas as áreas precisam demonstrar valor para o cliente. A experiência do cliente é a base a partir da qual você constrói o restante de sua estratégia de marketing para fortalecer sua marca.

2. Direcione a sua comunicação

Encontre o canal que o seu público está e direcione a sua comunicação. Mas, calma. Primeiro analise o comportamento do seu público nesse canal. Veja os conteúdos que eles acompanham, interagem e curtem.

  • Encontre os canais de marketing em que seu público-alvo ideal está
  • Analise o conteúdo que o seu público acompanha e interage
  • Adapte a mensagem da sua marca a esse canal de marketing

3. Use um tom de voz consistente

Consistência da marca é tão importante que se tornou uma frase definida no mundo do marketing. Quanto mais a personalidade da sua organização for apresentada a clientes em potencial, maior a probabilidade de eles lembrarem de você.  Portanto, garantir que seu público-alvo faça associações fáceis com seu conteúdo.

Um conjunto formalizado de diretrizes de tom de voz fornecerá um nível, no qual todo o conteúdo futuro poderá ser criado dentro do padrão da marca. Possuindo o alinhando de todos os blogs, postagens sociais e e-mails, você garante que a sua marca esteja falando com uma só voz.

4. Manter altos padrões de design

Design é comunicação visual. Como você usa cores, formas e fontes ou organiza elementos em uma página de site, campanha de e-mail ou mesmo em um pacote de produtos determinará se sua marca é ou não considerada valiosa.

5. Dê significado à sua marca

Do mesmo modo que a beleza está nos olhos de quem vê, todo valor é percebido. Para dar sentido à sua marca:

  • Torne-o um símbolo de status. Na palestra TED de Rory Sutherland , ele conta a história de um rei que, para evitar a fome, decretou a batata como uma colheita real e colocou guardas nos campos para tornar desejável o vegetal anteriormente rejeitado. O rei mudou a percepção do valor da colheita, não a colheita em si. Ele aconselha que “qualquer coisa que valha a pena guardar deve valer a pena roubar”. Você pode não ser capaz de decretar seus produtos ou marcar uma ‘colheita real’, mas pode se esforçar para criar o mesmo tipo de percepção do seu produto.
  • Faça ser simbólico. Na mesma palestra, Sutherland observa que, durante uma guerra, os ricos da Prússia foram incentivados a dar suas jóias para apoiar o esforço de guerra. As peças foram substituídas por réplicas feitas de ferro fundido. Embora eles tivessem um valor decididamente menos intrínseco, as peças passaram a ter um grande valor simbólico para o povo da Prússia por causa do sacrifício que representavam e se tornaram desejáveis ​​durante esse período.
  • Conecte-se às emoções. Segundo o vice-presidente da Nielsen , ‘a preferência emocional é importante: embora os serviços possam ser semelhantes, essa conexão emocional pode criar a percepção de que a marca “conectada” excede as expectativas do cliente ”. Significa apresentar um produto, independentemente de sua função, de maneira empática. O Google Chrome conseguiu isso em seu anúncio Dear Sophie . O email é um produto simples. No entanto, o Google usou a mensagem para se conectar com os clientes em um nível emocional.

Ficou interessado e quer saber mais sobre como gerir a sua marca? Acesse aqui!

Ou, se você quiser dar um passo inicial no sucesso da sua gestão, solicite uma demonstração gratuita do Deskfy e usufrua dos benefícios de obter uma marca consistente!!!