As redes de franquias só funcionam quando há padronização. Essa padronização vai desde a produção, atendimento, até a imagem da marca. Nesse sentido, a comunicação também deve ser levada em consideração. A padronização da linguagem utilizada é um papel fundamental entre a marca e o público.

Quando falamos sobre a comunicação entre franquia e consumidores, estamos falando diretamente sobre o marketing. É o marketing que possui a capacidade de persuadir potenciais clientes para que esses se aproximem da marca e/ou adquirem os produtos/serviços. Ou seja, um bom planejamento de ações e anúncios faz grande diferença nas vendas de uma rede de franquias. Com a padronização, o marketing irá transmitir as mesmas informações para públicos de unidades diferentes.

Para que sua estratégia de marketing e comunicação funcione, é necessário obter um investimento reunido através do fundo de marketing. O fundo de marketing é uma taxa propagada, que é paga por todos franqueados e serve para a realização das ações de marketing que a rede deseja desenvolver em unidades e regiões escolhidas.

FUNDO DE MARKETING E SEUS OBJETIVOS

O fundo de marketing engloba os recursos mensais da taxa de marketing paga pelas franquias da rede. O objetivo é reunir os recursos financeiros para a divulgação da marca, produtos e/ou serviços, como forma de alcançar público-alvo. Ele se direciona à criação e ações de divulgação em benefício de toda rede. Na prática, ele serve para viabilizar as ações e campanhas promocionais; padronizar todas as ações de marketing da rede; promover maior controle sobre a imagem da empresa no mercado; alcançar maior ganho de escala na produção de materiais de marketing e proporcionar benefícios coletivos e equitativos para todos franqueados.

Em geral, o fundo de marketing deve cobrir todas as campanhas e ações que envolverem a divulgação e promoção da sua marca. Isso engloba: promoções feitas em datas comemorativas; campanhas de inventivo para funcionários – endomarketing; campanhas de incentivo para clientes; ações promocionais no ponto de venda; divulgação na mídia; ações de merchandising e participação em feiras e eventos.

Esse fundo é uma forma de apoiar o desenvolvimento estratégico para que aconteça a expansão da marca no sistema de franquias. Para que essa maneira cooperada de marketing seja funcional, a franqueadora tem o papel de gerir o fundo formado pelas contribuições financeiras das unidades.

A GESTÃO DO FUNDO DE MARKETING

Os recursos de fundo de marketing pertencem à coletividade da rede de franquias e a gestão é responsabilidade da franqueadora. A rede pode contribuir com sugestões e ideia, seguindo as regras estabelecidas pelo estatuto. As responsabilidades que devem ser assumidas pela franqueadora são: arrecadação e controle de recursos financeiros provenientes da taxa de marketing que deve ser paga pela franquia; decisão sobre como deve ser feito o uso desses recursos; execução de controles contábeis e fiscais quando necessários e prestação de contas para a rede de forma e frequência definidas pelo estatuto.

VANTAGENS DE TER UM FUNDO DE MARKETING BEM PLANEJADO

Os franqueados sempre se beneficiam através do fundo de marketing. Quando é pago as taxas de publicidade, o empreendedor está automaticamente participando do planejamento estratégico da franquia, porque, dessa forma, a unidade estará fazendo parte de campanhas de divulgação dos produtos e serviços. Quando se é operador de uma loja de franquia, você precisa garantir visibilidade da sua loja. Lembre-se de que os franqueados têm o direito de conferir a prestação de contas de cada campanha publicitária realizada pela rede.

Contudo, a maior vantagem do fundo de marketing é para a empresa como um todo. Sua importância é visível quando o franqueador percebe a facilidade e canalização de todos os esforços que uma unidade teria de realizar sozinha: não visando apenas a padronização da comunicação, mas também os investimentos que se tornariam mais administráveis. Ter o fundo de marketing é ter maior controle sob a marca e poder guiá-la a seus objetivos com mais clareza e certeza.

COMPROMETIMENTO PARA UMA BOA GESTÃO

Como toda empresa, é necessário haver comprometimento de todas as partes para que o fundo de marketing tenha um direcionamento adequado e que alcance todo o potencial de atingir consumidores. É importante ter em vista que o sucesso não vem apenas através da reserva de uma porcentagem do lucro por parte dos franqueados. Nos dias de hoje, em um sistema transparente de franquias, os franqueados desejam ter a prestação de contas dos recursos do fundo, e também buscar intervir na decisão sobre como será utilizada a verba.

Existem alternativas, como a abertura do conselho dos franqueados, que tem como objetivo organizar a gestão do fundo e trazer ideias a respeito do seu investimento. A franqueadora possui o poder de decidir sobre a aplicação da verba. Essa ação, além de aproximar o relacionamento entre franqueadores e franqueados, o conselho é sempre útil para a prestação de contas e para evitar atritos. O comprometimento é uma forma de pensar no bem da empresa. Então, acima de tudo, é importante ter visão de mercado.

Estar por dentro de como a publicidade está sendo feita nos veículos de comunicação é fundamental para franqueados, franqueadores e empreendedores interessados no modelo de franchising. Afinal, ter um grande fundo de marketing e não ter criatividade e inovação será um ponto negativo. Tenha o máximo conhecimento de seu público-alvo e use-o para aproveitar ao máximo o dinheiro guardado para o investimento.

PASSOS PARA MONTAR UM FUNDO DE MARKETING

  1. Defina a base de cobrança e o valor da contribuição;
  2. Crie uma conta independente para o depósito desse valor;
  3. Defina critérios para o uso do dinheiro;
  4. Contrate uma acessoria de imprensa, uma agência de publicidade ou um software de marketing – como o Deskfy;
  5. Estabeleça a periodicidade da prestação de contas;
  6. Defina se esse fundo vai ser regional, nacional ou misto;
  7. Escolha um profissional da franqueadora para ser o responsável pela gestão do fundo;
  8. Crie um comitê de marketing;
  9. Defina a frequência com que esse comitê vai acontecer;
  10. Monte um plano anual das ações do fundo de marketing!

Ficou com alguma dúvida ou tens alguma sugestão de assunto para abordarmos? Comente abaixo!