Independentemente do financiamento, das receitas ou do tamanho da empresa, um dos diferenciais mais fortes que uma organização pode ter é a sua marca. Mas a força da marca não acontece sozinha, é uma vantagem competitiva que precisa ser conquistada.

Para isso, é preciso ter uma auto-reflexão organizacional, foco e disciplina para criar uma marca que os clientes tenham preferência em relação aos concorrentes. Para ter sucesso nesse sentido, a marca deve ser muito bem gerenciada. É necessário a presença de regras em torno da marca para que ela seja facilmente reconhecida e apresentada adequadamente.

O gerenciamento de marcas é um processo contínuo que envolve a manutenção da consistência em torno de sua marca e a entrega dos valores que sua organização preza, por criar uma associação positiva com seu público. Isso inclui outros aspectos da empresa, como: satisfação do cliente, embalagem, apresentação visual, concorrência, entre diversas outras coisas. Também é uma prática comercial essencial para organizações de qualquer tamanho que desejam permanecer relevantes nas mentes dos consumidores de hoje.

INSPIRE UMA PERCEPÇÃO DE MARCA POSITIVA

Desde a pessoa que atende o telefone na recepção, o representante de vendas, até a página do site que visitam e o pessoal do suporte, a sua empresa está enviando uma mensagem. Sua marca não é apenas um logotipo, campanha ou slogan. É o ponto mais alto de toda experiência que uma pessoa tem com sua organização – o que deixa uma percepção em sua mente. Infelizmente, você não pode controlar percepções. Mas você só pode influenciá-los.

Há três coisas importantes que sua organização pode fazer consistentemente para influenciar associações positivas com sua marca:

  1. Siga as suas promessas;
  2. Entregue experiências genuínas e centradas no cliente;
  3. Comporte-se com integridade.

SAIBA QUEM É VOCÊ

A influência positiva começa com o conhecimento de quem você é e do que você representa (a essência de sua marca), o que não é uma tarefa fácil. Você precisa se fazer perguntas difíceis, obter consenso sobre seus valores e características organizacionais, para assim ativar sua marca em equipes, locais e canais.

Para se certificar de que todos estão na mesma página sobre quem você é, pergunte a sua equipe as seguintes perguntas:

  • Quais são as três palavras que você usaria para descrever como sua organização deve sempre se comportar? E quais três palavras descrevem como você nunca deveria se comportar? Após, tente achar as palavras em comum.
  • Quem são seus principais concorrentes hoje? Determine o valor que cada um deles oferece e qual é o diferencial que a sua empresa apresenta em relação a eles.
  • Quais são as três histórias significativas que você pode compartilhar com o público que realmente está envolvido com a essência da sua marca? Conte uma história real!

CONHEÇA SEU PÚBLICO

Você também precisa conhecer seu público e o que eles realmente querem de você, para garantir que sua essência de marca reflita os interesses. Se pergunte:

  • Quem são os principais públicos hoje? Talvez seu público tenha mudado durante os anos. Tenha claro quem você quer atingir.
  • Você está conversando com seu público regularmente? Quais são os canais que você utiliza? Além disso, você interage com seu público por meio de pesquisas, entrevistas, jantares, eventos pessoais ou individuais? Se não, é hora de sair do seu escritório. Seu público é um espelho e a sua maior fonte de feedback positivo – e negativo.

REUNA SEUS FUNCIONÁRIOS EM TORNO DE SUA MARCA

Os funcionários são absolutamente essenciais para gerenciar a sua marca. Afinal, são eles que interagem com seus clientes, compradores e parceiros todos os dias. Quanto mais você se comunicar com eles sobre o que a marca representa e como eles podem avançar e aprimorar o seu trabalho, mais eles vão evangelizar a e contribuir para o sucesso de sua empresa.

Integre seus funcionários como uma oportunidade para ensinar às pessoas como sua marca surgiu, pra onde está indo e por que é importante. Em seguida, faça um treinamento contínuo com os colaboradores para que as equipes aprendam e estejam sempre informados sobre o que é novo e qual é o papel desempenhado para que o objetivo da organização se torne real.

A marca é uma coisa viva e evolutiva, com seus funcionários no centro. Portanto, sua contribuição é de tremendo valor. Pergunte aos funcionários:

  • O que está faltando? O que mais precisa para as pessoas entenderem a amplitude da sua marca?
  • Quais ferramentas você poderia fornecer para ajudá-las a representar consistentemente a marca? (Veja como o Deskfy pode te ajudar nisso!)
  • Como eles precisam saber, além do que já sabe, sobre a sua marca?
  • O que os ajudará a controlar sua marca em seu trabalho diário?

Uma correta gestão da marca produz resultados reais e tangíveis para a cultura da empresa e funcionários, além de impulsionar as receitas de vendas – não apenas para um produto ou serviço, mas para outros produtos e serviços associados de maneira positiva à sua marca. Por exemplo, se um cliente adora seu serviço de limpeza e confia na sua marca, é provável que ele também ofereça seus suprimentos de limpeza. As pessoas tendem a ir em direção ao que já conhecem, especialmente se tiverem tido uma boa experiência.

PROTEJA SUA MARCA

Muito retrabalho pode ser necessário, se você não estiver controlando os ativos digitais da sua marca. Logotipos, fotos, imagens de produtos, apresentações de vendas e vídeos têm um valor associado a eles, que precisa ser protegido. As diretrizes da marca devem ser criadas – e seguidas – para explicar como, onde e quando usar esses ativos, para que todos saiam na mesma direção e facilitem que suas equipes criem comunicações on-brand.

Suas diretrizes devem ir além do uso do logotipo para incluir todos os aspectos da marca – missão, visão, valores, voz e expressão visual – que estabelecem as bases para um ótimo marketing. Uma estratégia comprovada para proteger sua marca é o gerenciamento de ativos digitais. Um sistema de DAM organiza e distribui os ativos da marca em um software principal, servindo como uma única fonte de verdade para visibilidade, monitoramento e consistência da marca. Também é um mecanismo poderoso para a entrega de conteúdo – para capacitar vendas, revendedores, comércio eletrônico e muito mais.

COMO UM SISTEMA DAM PODE AJUDAR A SUA EMPRESA

  • Como em um portal, a sua marca terá uma página de login própria, mensagens de painel, URLs personalizados, entre outras coisas.
  • Compartilhe templates e arquivos significativos usando o portal da marca, com coleções compartilhadas, códigos de incorporação e links de compartilhamento.
  • Segmente os ativos de marketing por grupos, público-alvo, tipo de conteúdo e muito mais usando metadados, categorias e filtros de pesquisa.
  • Personalize experiências de marca usando páginas de destino em diferentes idiomas, organizando grupos de ativos sob medida para diferentes públicos e localizando a marca com material de vendas personalizado.
  • Salve as diretrizes da marca, onde as pessoas podem encontrá-las facilmente, centralizando os ativos e os padrões da marca em um único local, com acesso sob demanda.
  • Acompanhe como os ativos da marca estão sendo usados on-line. Por quem, onde e quando estão sendo usado, através da função “analytics”.

Essa estratégia de ter um portal de fonte única da verdade permite que você simplifique as experiências de funcionários e clientes – uma busca comum para muitos profissionais de marketing modernos.

MEÇA A PERCEPÇÃO DA MARCA

Como você sabe se gerencia sua marca com sucesso? Você tem que conversar com seus clientes e funcionários. Apresente-os com as mensagens da sua marca e pergunte o que eles pensam. Tente entender tais perguntas:

  • Repercussão de mensagem: Eles entendem quem você é e que valor você oferece?
  • Reconhecimento da marca: Eles conseguem descrever em que mercado você está e o que você faz?
  • Fidelidade à marca: Eles recomendariam seu produto ou serviço a outras pessoas?
  • Confiança na cultura: Seu time conhece os valores fundamentais e a essência da marca? Eles sabem onde encontrar as diretrizes, os modelos e as ferramentas da sua marca?

Dependendo de como as pessoas entendem quem você é ou como elas podem recitar seus valores essenciais, você começa a identificar áreas em que sua marca está tendo um entendimento claro e onde não está. Você pode ajustar as mensagens, o treinamento da marca ou as táticas conforme necessárias. Continue medindo com uma certa frequência o que você diz e o que as pessoas percebem, até que tudo fique uniforme.

Lembre-se de que o gerenciamento de marcas não é apenas o uso da versão correta de um logotipo. É uma prática de negócios abrangente que possibilita que a sua empresa tenha vantagem competitiva no mercado, além de garantir a força e a consistência da sua marca e ainda ajuda a sua organização a cumprir suas promessas e alcançar os objetivos. Em suma, o gerenciamento da marca pode alavancar ou quebrar um negócio. Portanto, certifique-se de que sua marca receba a atenção que merece!

Ficou com alguma dúvida ou tens alguma sugestão de assunto para abordarmos? Comente abaixo!