Para que a sua empresa esteja preparada para a chegada do Deskfy, temos algumas dicas! O objetivo é facilitar a implementação, melhorar a experiência de uso do usuário e maximizar os resultados da sua empresa. Dessa forma, pontuamos os três principais passos a seguir:

1. REUNA TODOS OS ATIVOS DIGITAIS DA MARCA

Dessa forma, todos os materiais da marca ficarão salvos em nuvem e disponíveis a quem for necessário. Entre os ativos digitais estão:

  • Manual da marca (contendo diretrizes e paleta de cores);
  • Logos (e variações);
  • Ícones da marca;
  • Imagens da marca (da empresa, eventos, linhas de produtos, etc);
  • Imagens de fundo (texturas/imagens que costumam ser utilizadas nas artes).
  • Fontes oficiais da marca

2. COLETE AS ARTES QUE SE TORNARÃO TEMPLATES

Para abastecer o Deskfy com o enxoval de artes inicial, você deve reunir tudo aquilo que será passado para o Deskfy. Se for um conteúdo que passe por customização, o indicado é buscar o arquivo editável (Ex: .AI, .PSD, etc). Caso for um arquivo apenas para download, o arquivo final bastará.

3. UNIFIQUE AS ARTES EM PRODUTOS

Para cada tipo de aplicação da arte existe um tamanho adequado. Para garantir a consistência da marca e padronizar a comunicação, é indicado definir as dimensões que cada um tipos de produtos levará, de forma a adotar um padrão. Se a sua empresa ainda não unifica as artes por dimensões padrões, é uma ótima hora para dar esse passo. Veja alguns exemplos abaixo!

Ex:

  • Post de Instagram – 1080px x 1080px
  • Cartão de visitas – 9cm x 5cm
  • Flyer A5 (frente e verso) – 14,8cm x 21cm

4. PENSE NA ESTRUTURA DE GRUPOS DOS USUÁRIOS

Caso sua empresa tenha algum tipo de grupos de usuários, você pode aplicar eles no Deskfy para segmentar templates, comunicados e documentos. Dessa forma, é possível escolher quais conteúdos devem aparecer para cada grupo.

Ex:

– Equipe comercial / Marketing / RH
– Franqueados Sul / Franqueados Norte / Franqueados Nordeste
– Franqueados / Franqueados Master

5. MAPEIE SEUS PROCESSOS DE SOLICITAÇÕES E TIPOS DE BRIEFING

Muitas empresas já possuem um formulário padrão para envio de solicitações por parte das suas unidades. Cada processo desse tipo pode exigir etapas diferentes, com múltiplos responsáveis por cada etapa, além de tempos de SLA (Service Level Agreement) variados.

Além disso, um bom modelo de briefing se torna essencial para gerenciar tais demandas, padronizando as informações necessárias e tornando o processo mais eficaz, com menos tempo de retrabalho. Todas essas regras poderão ser aplicadas no Deskfy por meio do módulo de solicitações.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a gente! 🙂