Investir em franquias não deixa de ser uma maneira segura de confiar no negócio em questão, se for comparado com a invenção de um empreendimento desde o início. Com a instabilidade em que o cenário econômico brasileiro se encontra atualmente, essa alternativa tem sido bastante requisitada e se tornou uma forma interessante de investimento nos últimos anos.

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) divulgou dados em 2016 e 2017 que apontam que teve um aumento de 2% na abertura de negócios de franquias, sendo 145 mil novas lojas franqueadas. Somente durante o ano de 2017, o setor apresentou crescimento em vendas de 8%.

Apesar de ser um investimento que proporciona vantagens satisfatórias e que lhe dá uma determinada segurança para o empreendedor, é importante que o interessado na compra de uma franquia esteja ciente de que precisa reservar um valor significativo para o investimento e uma boa quantia no caixa para conservar a franquia.

Vale lembrar que, investir em uma franquia não se trata apenas de pagar um valor x para que possa comercializar os produtos ou oferecer os serviços o padrão da marca. Além de um valor que costuma ser, de certa forma alto com taxa de aderência, o franqueado precisa estar ciente do valor mensal relativos aos royalities, que geralmente contém taxa de manutenção da franquia, treinamento de equipes e um suporte operacional.

Acreditamos que, se você está planejando abrir uma franquia, as mais variadas dúvidas vão começando a surgir, algumas delas iremos responder a seguir!

QUAL PERFIL O FRANQUEADO DEVE TER?

Até mesmo antes que o modelo de negócio no formato de franquia seja definido como investimento, devido as suas tão chamativas vantagens, é interessante que saiba se realmente tens um perfil que contemple uma alta capacidade de gestão do empreendimento e a disponibilidade de seguir as regras que a franqueadora propõe.

Essas regras vão desde normas administrativas, regras que englobam a divulgação e demais setores que precisam ser seguidas por cada uma das franquias. Esse tipo de negócio muitas vezes pode fazer com que empresários com perfil profissional mais dinâmico, arrojado e que necessite muito de liberdade para gerir o negócio, sinta-se perturbado.

CAPACIDADE DE GESTÃO DE NEGÓCIOS

Apesar de existirem certas regras, não quer dizer que o empresário não poderá contribuir com inovações, o que geralmente acontece é o contrário. De acordo com uma pesquisa da ABF que teve a participação de 180 redes de franquia, 91% dos respondentes fizeram uma aposta em estratégias que foram inovadoras para o seu empreendimento, como por exemplo o de aplicativos para otimizar os serviços oferecendo comodidade para seus clientes.

É necessário ter disciplina! Essa característica é indispensável para se fazer o investimento em franquia. É por isso que é importante estar sempre seguindo as orientações passadas pela franqueadora. Mas, ainda assim desempenhar um trabalho que vai além das técnicas que são estabelecidas, a criatividade para inovar é tão importante quando a disciplina.

Alguns pontos também precisam ser levados em conta, como por exemplo a jornada de trabalho, que costuma ser longa e que exige que se tenha muita responsabilidade, afinal você estará representando um nome e uma marca que precisam ser zelados. É essencial ter uma boa administração e um bom atendimento pois esses pilares refletem os resultados de suas ações não somente dentro da sua própria franquia, mas também em muitas outras unidades de franquia.

PESQUISAR SOBRE FRANQUIAS E ENCONTRAR O ESTILO QUE SE IDENTIFIQUE

Antes de investir em franquias, você precisa fazer uma pesquisa de mercado ampla, pois é essencial que, além de dominar toda a estrutura comercial e administrativo, compreenda como é o mercado no qual você pretende se inserir, se dedicar e visualizar bons lucros, consequentemente obtendo o sucesso que tanto almeja.

Uma prova social pode ser buscada, e pode-se observar através de uma conversa com proprietários de diferentes franquias para que você possa conhecer qual a opinião e a visão daqueles que já são franqueados. A partir desse contato, é possível descobrir como é o relacionamento que eles possuem com a franqueadora com a qual você deseja começar sua negociação.

DESAFIOS AO INVESTIR EM FRANQUIAS

Analise com cuidado para garantir que cada desafio seja cumprido!

1# Capital suficiente

O capital é um dos desafios primordiais quando se trata de investir em negócios desse tipo. Certifique-se de ter o valor necessário para o investimento inicial que garante o direito de utilização da marca. Esse é pago no início e você precisa estar ciente e programado para as mensalidades que são cobradas relativas à taxas de serviços prestados e gerenciados pela franqueadora.

2# Experiência em gestão de negócios

O administrador precisa ter conhecimento e experiência na gestão do fluxo de caixa, no controle de receitas e também custos, pois a expansão do negócio ficará como responsabilidade para o empresário assumir a frente!

3# Adequar-se ao padrão

Faça bom uso dos treinamentos e suporte recebido pela franqueadora. E mantenha-se no padrão fazendo a interligação com as demais unidades. Trabalhe para apresentar a mesma qualidade no atendimento, mesmo formato na gestão administrativa e também de pessoas. Lembre-se que o modo como o seu negócio é visto impacta, além da sua imagem, também a imagem de todas as unidades.

Ficou com alguma dúvida ou tens alguma sugestão de assunto para abordarmos? Comente abaixo!