Se você tem a sua marca sendo usada por freelancers, agências de marketing, equipes internas, entre outros em suas comunicações e conteúdo, o surgimento de inconsistências e o uso indevido da marca pode ser inevitável. Um kit de identidade da marca – ou brand book – pode ajudar, quando fornecido aos grupos e indivíduos diferentes as ferramentas e as informações necessárias para manter sua marca de forma consistente. Embora todos os kits de identidade de marca pareçam diferentes, aqui estão alguns itens essenciais para incluir no seu:

MENSAGEM

Qualquer pessoa que tenha contato com a sua marca precisa entender qual é o seu mercado-alvo e por que sua marca é importante para esse público. Sem esse conhecimento, é um desafio para as pessoas comunicarem suas mensagens de uma maneira que atinja o público-alvo.

Comece demonstrando seu posicionamento para o seu público e veja como eles percebem sua marca. É importante ter um posicionamento simples, mas memorável, honesto e exclusivo para o seu mercado.

Em seguida, mostre o que você, como marca, pode fazer pelo seu cliente. O que você está comprometido em fornecer ao seu público? Com que aspirações você se compromete a trabalhar? Por fim, comunique sua proposta de valor exclusiva.

ATRIBUTOS DA MARCA

Assim como uma pessoa possui características que definem quem são, uma marca também possui características. Outras empresas podem compartilhar características semelhantes, mas nenhuma delas é como a sua – ou pelo menos não deveria ser. Capture as principais qualidades que humanizam sua marca e descreva a sua personalidade distinta. Pensar sobre a sua marca como um ser humano real pode ser um exercício útil.

ATRIBUTOS VISUAIS

Assim como sua marca tem traços de personalidade únicos, ela também tem um visual, uma sensação e uma identidade visual que desempenham um papel no reconhecimento e na percepção de sua marca. Coloque a identidade visual da sua marca em palavras. Que humor, sentimento ou emoções a sua marca deve extrair do seu público?

Esta é a oportunidade de destacar estilos aceitáveis para todo e qualquer material visual, como fotos de estilo de vida, imagens de estoque, posts de redes sociais, vídeos e gráficos. E permita que as pessoas acessem seus ativos de marca aprovados.

LOGOTIPOS E MARCAS

Embora alguns recursos usados para comunicar sua marca sejam um pouco subjetivos, os logotipos ou as marcas da sua empresa deixam pouco ou nenhum espaço para interpretação. No entanto, cabe a você definir como é o uso adequado.

Para começar, dê às pessoas acesso aos seus logotipos. Inclua formatos de alta resolução aplicáveis (por exemplo, TIFs, PNGs, PDFs e JPEGs). Além disso, inclua todas as variações de logo e wordmark, como versões vertical, horizontal e tagline. Proteja-se contra cores, pixels e modificações incorretas, detalhando casos de uso e instruções. Por exemplo, forneça padrões para espaços em branco em torno de seus logotipos e marcas de palavras. Defina limites para o tamanho pequeno ou grande que podem aparecer para evitar reproduções irreconhecíveis ou ineficazes.

Por último, torne isso visual. Mostre às pessoas como é o uso incorreto. Vendo o quão ruim um logotipo distorcido ou uma cor de fundo não complementar aparece, ajuda a direcionar a mensagem correta para a marca.

PALETA DE CORES

As cores que representam sua marca são o que a tornam instantaneamente reconhecível. Use a Coca-Cola, por exemplo: você teria dificuldade em encontrar alguém que não associasse vermelho a essa marca?

Para garantir que todos usem o vermelho perfeito em todas as comunicações, a Coca-Cola não diz que a cor da marca é “vermelha”. Em vez disso, atribuem um código de cores CMYK, RGB e PMS. Como tal, o kit de identidade da sua marca deve incluir os identificadores de cor da sua marca.

Cuide para incluir as cores primárias da sua marca, bem como as cores secundárias que suportam e complementam sua paleta de cores principal. Por fim, forneça orientações sobre quando é apropriado usar cores, combinações e paletas.

TIPOGRAFIA

Embora muitas vezes ignoradas, as fontes que você usa para comunicar sua marca contribuem para sua identidade – as pessoas, produtos e cultura que ela incorpora. Inclua sua fonte da marca (nós usamos DIN e Raleway) e um backup aprovado ou dois, caso sua fonte esteja indisponível.

O uso de um único tipo de letra em todas as comunicações dá à sua marca, até a aparência das palavras, consistência. Pense em todos os casos de uso e forneça diretrizes de tratamento de tipo em relação ao tamanho, hierarquia e peso da fonte. Por exemplo, dentro do seu brand book, você pode especificar tamanhos de fonte para títulos, subtítulos e corpo de texto. Porém, deve se lembrar de encontrar um equilíbrio; você precisa dar aos criativos e profissionais de marketing certa liberdade criativa para ultrapassar o limite, mas ao mesmo tempo controlar os elementos que são importantes para a sua marca.

INFORMAÇÕES DE CONTATO

Na sua identidade de marca, deve sempre incluir pelo menos um ponto de contato que possa responder a perguntas e fornecer suporte. Certifique-se de incluir informações de contato, como nome, e-mail e número de telefone, mas também detalhes como cargo, local e quaisquer instruções especiais. Por fim, pense estrategicamente sobre as perguntas que você recebe. Muitas vezes, esse feedback sinaliza falhas ou esclarecimentos que você pode usar para melhorar o seu brand book.

CENTRALIZAÇÃO

Depois de ter pronto o seu kit de identidade da marca, verifique se ele está disponível para quem precisa. Você pode fornecer em qualquer formato conveniente, como um documento compartilhado ou uma página da Web com informações e links. O importante é que tudo isso citado acima esteja em um local central facilmente acessível.

As necessidades exclusivas de sua organização determinarão a melhor solução para ajudá-lo a centralizar, armazenar e gerenciar seu kit e ativos. Para algumas organizações, uma simples página da Web e links para uma solução de compartilhamento de arquivos fazem o truque. Para outros, uma solução de gestão de ativos digitais (DAM) é a melhor. Um benefício de um sistema de DAM é que ele fornece uma única fonte de verdade para os ativos e informações que alimentam sua marca – onde quer que elas estejam. Algumas ferramentas ainda apresentam outras funções, como a customização de materiais, workflow e a possibilidade de envio de comunicados. O Deskfy faz tudo isso! Saiba mais falando gratuitamente com um dos nossos especialistas.

Ficou com alguma dúvida ou tens alguma sugestão de assunto para abordarmos? Comente abaixo!