Se você está usando ou pensando em adquirir um sistema de gestão de ativos digitais, é importante entender as prioridades, interesses e pontos críticos da liderança de sua empresa – especialmente quando se trata de DAM, tendências e desempenho de conteúdo.

Pensando nisso, neste blog post vamos falar sobre tendências de gerenciamento de ativos digitais e como elas afetam o desempenho e o gerenciamento de conteúdo de uma empresa.

PRINCIPAIS TENDÊNCIAS E TEMAS

1. INTEGRAÇÃO TECNOLÓGICA

A integração de sistemas é uma prioridade. Porém, ainda existe uma preocupação quanto a integração abrangente de tecnologia e software entre sistemas como uma resposta de liderança.

Os pontos de contato diários e integrações contínuas são necessários para tornar um programa de marketing digital eficaz. Ou seja, integrar um sistema DAM a outros aplicativos que você já usa frequentemente é muito importante. Afinal, dessa forma você obtém mais conhecimento sobre o desempenho de conteúdo de seus ativos digitais.

2. PERSONALIZANDO EXPERIÊNCIAS

Se o objetivo da sua empresa é motivar o seu público a agir, você deve personalizar cada interação que ele tiver com sua marca. Portanto, se você usa dados para informar o conteúdo que produz, ou seleciona os melhores ativos digitais para as equipes internas compartilharem com os clientes, a personalização é a chave.

E, da mesma forma que a liderança valoriza a integração entre sistemas, ela está igualmente preocupada com as tendências em relação ao envolvimento da comunidade e ao envolvimento do cliente. Por conta disso, aumentar a qualidade da experiência do consumidor com experiências ricas e interativas em toda a jornada do cliente está entre as prioridades mais importantes.

Tendo uma experiência personalizada e engajamento do cliente em respostas abertas – com a ajuda de um DAM – ajuda a atingir metas alinhadas com essa prioridade. O trabalho feito em uma plataforma de gestão de ativos digitais melhora a experiência do cliente, o que, por sua vez, ajuda as funções gerais do negócio. E o crescimento geral dos negócios nos leva ao próximo ponto…

3. EXPANDINDO OS NEGÓCIOS INTERNACIONALMENTE

A transformação digital em toda a organização para alcançar novos segmentos de clientes também está entre as principais prioridades. As iniciativas de negócios novas ou futuras mais empolgantes geralmente estão relacionadas ao desenvolvimento de negócios internacionais. Além de incluir um site novo, rebranding e marketing de vídeo.

E relacionado a isso, podemos incluir o software DAM, que pode ser utilizado por todos (que possuem permissão), em todos os escritórios pelo mundo… Isso acontece porque o sistema é o centro da verdadeira fonte de dados e distribuição, que são funções cruciais para as operações de negócios. E, falando em dados…

Quais métricas de sucesso são importantes para a liderança?

Quando se trata de tomar decisões sobre o seu conteúdo, o desempenho e os dados de medição são fundamentais. Com os insights adequados e as análises profundas de conteúdo, você pode entender quem está usando seus ativos digitais, onde, quando e como.

Afinal, por que colocar orçamento em uma série de vídeos que ninguém assiste? Não seria melhor, e mais eficiente, gastar tempo promovendo os ativos da marca que impulsionam as vendas?

Existem algumas questões que sempre são feitas por parte da liderança, que estão interligadas com as informações que serão obtidas mais tarde. As questões são:

  • ROI e eficiência: Quais integrações estão disponíveis e como podemos simplificar o tempo de design? Onde podemos economizar tempo e dinheiro?
  • Uso de ativos: Quais ativos digitais mantêm os clientes em potencial no funil de marketing e impulsionam as vendas? Como, quando e onde esses ativos digitais estão sendo usados? Quais lacunas existem na biblioteca de ativos?
  • Uso de DAM: onde e como vários departamentos e locais estão usando ativos?
  • Envolvimento do cliente: as pessoas estão baixando os dados e conteúdos que apresentam os ativos digitais que divulgamos em nossos e-mails? Como eles estão interagindo com nosso conteúdo?

Além disso, existem alguns KPIs e OKRs que também são importantes, sendo eles:

  • Uso de ativos digitais: número de ativos, taxas de adoção, downloads, visualizações, termos pesquisados, coleções compartilhadas, quantidade de armazenamento e pontuações de engajamento.
  • Uso de DAM: sessões, logins, usuários ativos, uso por área, localização do usuário, profundidade de pesquisa e adoção.
  • Envolvimento do cliente: taxas de engajamento, taxas de conclusão de vídeo, tempo gasto envolvido com conteúdo, taxas de abertura de e-mail e taxas de cliques.
  • Desempenho do site: impressões, SEO, taxa de rejeição, tempo gasto em páginas do sites e registros.
  • Resultados do anúncio: cliques, taxas de cliques, custo por clique, taxas de engajamento, taxas de abertura de e-mail e ROI.

Como escolher o melhor dado para apresentar?

Há alguns dados que são importantes para painéis de apresentação, como:

  • Personalização: as expectativas variam de acordo com a equipe. Por exemplo, as equipes de criação estão preocupadas com itens como biblioteca e uso de ativos, enquanto os profissionais de marketing se preocupam com as opções de ativos, distribuição e desempenho.
  • Destaques suportados: inclua tópicos de nível superior com a opção de aprofundar ainda mais.
  • Visuais: incorpore gráficos e visuais simples que sejam intuitivos.
  • Segmentação: use relatórios em nível de canal sobre coisas como downloads para informar decisões em nível de iniciativa.

Em última análise, você precisa de acesso a análises e medidas de conteúdo acionáveis que estejam em um formato de fácil compreensão. Quer você crie um painel de resumo executivo personalizado ou use um painel padrão pré-construído. O sucesso de seu programa de desempenho de conteúdo depende do entendimento do que funciona ou não.

Ficou com alguma dúvida ou tens alguma sugestão de assunto para abordarmos? Comente abaixo!