Que os franqueadores precisam envolver seus franqueados em suas otimizações nós não temos dúvidas. Não é difícil de acontecer, algumas vezes algum franqueador não consegue participar de Programas de Excelência da Rede, devido ao quanto isso exige trabalho e também por considerar que isso pode expor de certa forma o seu negócio ao controle da franqueadora: mas hoje, está ficando cada vez mais ultrapassado as redes cuidarem da gestão e gerenciamento de mídias de marketing do seu negócio da maneira que costumava-se fazer por pura comodidade.

A EVOLUÇÃO DO MERCADO

O mercado evolui e com ele vem as novas tecnologias, que servem de apoio para a otimização dos seus processos e para a maior agilidade para os seus times. Os franqueadores precisam que seus gestores estejam atentos e, o nosso papel com esse artigo é: nos mobilizarmos para que o gestor esteja, de fato, cercado dos recursos que a sua franquia precisa para a otimização. Isso será um passo importante para que a sua rede se mantenha no patamar que chegou e esteja sempre a frente de sua concorrência.

DEMANDA DOS FRANQUEADOS E DA FRANQUEADORA

Muitas vezes é possível que os franqueados da rede notem essas necessidades de melhoria e repassem à franqueadora o seu ponto de vista, mas pode também acontecer de não darem tanta ênfase para esse quesito, devido à insegurança de como poderia ser a implementação. Nesse sentido, pode até haver um certo receio de novos investimentos que precisariam ser feitos para se ter adequação.

A realidade é que essa atitude precisa, indispensavelmente, vir por parte do gestor da franqueadora. Uma vez que ele é a pessoa mais indicada para planejar como serão implementadas as melhorias em toda rede. Para que haja alinhamento e compreensão dos objetivos estratégicos, e que esses levem os seus parceiros a saírem da zona de conforto e mudar para melhor, é preciso reforçar a sua ambição relacionada ao próprio negócio e a confiança na franqueadora. Não se pode ter medo e insegurança diante do desafio que os programa de otimização da rede apresenta, fazendo com que os benefícios sejam evidentes, para que se ganhe com a agilidade no trabalho e até mesmo que se chegue à realização tanto pessoal quanto profissional. Pois, diminuindo a sobrecarga, seus times conseguem trabalhar mais seu lado criativo, por exemplo e o cliente pode ganhar com a maior agilidade nas ferramentas de comunicação com seus franqueados.

DEMANDA DE MELHORIAS EXISTE, MAS COMO ENCARAR ESTE DESAFIO COM FRANQUEADOS?

Uma boa franqueadora precisa estar preparada para as diferentes opiniões que seus franqueados poderão apresentar a respeito de todas as suas iniciativas, inclusive a atitude que se enquadra em adotar um programa de excelência para a rede. A boa franqueadora precisará primeiramente se colocar no lugar do franqueado para entender sua perspectiva e então, engajá-lo. Um olhar atento às necessidades atuais de sua rede e de seus franqueados é indispensável para um bom líder de rede.

QUE SOFTWARES UTILIZAR?

Um Programa de Excelência em sistemas de franquias é um dos recurso ou ferramenta estratégica para a implementação de cultura de desempenho e resultados, considerando que com apoio das ferramentas corretas podem se complementar e ser a atitude que sua rede está pedindo. Há softwares, como o Deskfy, que disponibiliza e trazem o apoio necessário para os seus times de marketing, além de trabalhar em conjunto com os líderes, tendo o cuidado com o sucesso do cliente, por exemplo.

Vale lembrar que para seu completo sucesso, a disciplina, o foco, os resultados e prêmios, envolvem uma ação especialmente da franqueadora!

Da liderança estratégica, passando pelos Consultores de Campo, as áreas de atendimento, e ainda os prestadores de serviços precisam estar alinhados em torno da prioridade do Programa de Excelência e “vendê-lo” com eficiência para a Rede de franqueados. Enfrentar resistências com franqueados, como as mencionadas acima, tornam o desafio da franqueadora maior.

PLANEJAR É PRECISO!

A implementação bem sucedida de um Programa de Excelência necessita que um bom planejamento seja feito e exige que se tenha a convicção de que programa é um modelo de gestão da rede, além de servir como uma boa ferramenta de controle. Isso não deve somente se tornar um simples desafio a mais para o franqueado, mas sim algo que possa diminuir sua carga de trabalho para a operação da franquia e ainda aumentar seus lucros!

O que você achou do assunto que abordamos hoje? Fez sentido para o seu negócio? Fale com um especialista Deskfy, clicando aqui, e veja como podemos lhe ajudar na melhoria dos processos dentro das suas operações.

Se tiver alguma sugestão de assunto que possamos abordar e de alguma forma ajudar o seu negócio de franquias nos conte, deixe seu comentário!