Se você está pensando em como promover a sua franquia nas mídias sociais, esse post vai lhe ajudar.

1. TENHA UMA MENSAGEM DE MARKETING CLARA E SIMPLES

Se você está com dificuldades para decidir o que postar nas redes sociais e não está recebendo o engajamento esperado, é porque sua mensagem de marketing não é certeira.

É muito mais fácil de lembrar de uma marca que possui uma mensagem de marketing clara e simples. Siga este roteiro para desenvolver sua marca e mensagem de marketing com um ponto de vista original.

  • Quem é seu cliente ideal?
  • Que problema específico você resolve para eles?
  • Como eles pensam que o problema é resolvido?
  • Como VOCÊ acredita que o problema é resolvido?

2. PESQUISE SOBRE COMPETIDORES E ALTERNATIVAS QUE SEUS CLIENTES PODEM CONSIDERAR NAS REDES SOCIAIS

Este é um passo importante e vai requerer que você se organize na sua pesquisa. Considere criar uma pasta dedicada a este processo. Você vai precisar de uma planilha para a sua lista de competidores e você deve considerar criar pastas para logos e posts dos canais de mídias sociais.

Este é um processo que você pode seguir:

  1. Identifique seus competidores. É claro, competidores podem ser aqueles negócios que oferecem o mesmo produto que você. Porém, eles também podem ser alternativas que seus clientes em potencial podem considerar para solucionar os seus problemas. Portanto, se coloque no lugar dos seus clientes e liste todas empresas e produtos a que eles podem recorrer em busca de soluções.
  2. Analise os seus perfis de mídias sociais. Com essa lista em mãos, é o momento de conferir os seus perfis de mídias sociais. Preste atenção especialmente às descrições de perfil e da bio (você pode copiar e colar em uma planilha); quais palavras que eles usam, quais hashtags eles fazem referência e qual a personalidade que cada marca possui. Aproveite, também, para identificar os perfis nos quais eles possuem maior engajamento ao visitar cada página e anotar o número de seguidores, curtidas, compartilhamentos e posts.
  3. Analise os tipos de imagens usadas por eles. Eles usam fotografias ou ilustrações? Como você descreveria a “vibe” ou a personalidade dessas imagens? Eles usam cores específicas ou paletas de cores?
  4. Onde e quando seus competidores postam? Qual é o seu melhor canal? Passe por cada canal de mídia social dos seus competidores e procure pelo período no qual eles são mais ativos e engajados. Para começar, você pode só ver o número de seguidores e quantas vezes seus posts foram curtidos e compartilhados. Isso é realmente poderoso, pois você poderá decidir se quer focar-se em um canal onde eles são menos ativos – ou – se a sua mensagem de marketing é original o bastante para competir de igual para igual.

3. SEJA CONSISTENTE COM TODAS SUAS PLATAFORMAS DE MÍDIA SOCIAL; SEU NOME, NOME DA EMPRESA E DESCRIÇÕES

Quantas vezes você percebeu que uma empresa possui logos, fontes, imagens ou mensagens ligeiramente diferentes, seja nas redes sociais ou na vida real? Quando os seus canais não correspondem, isso causa uma impressão sutil, mas negativa sobre os seus potenciais consumidores.

Uma maneira de solucionar essa questão é com o que se chama de “style guide” ou “brand book”. Isso é, simplesmente, um documento que você pode compartilhar com todos (incluindo freelancers, designers e parceiros autorizados) que especifica como o seu branding deve ser. Nele, devem constar informações sobre cores, fontes e logos em branco, preto e qualquer outra combinação adequada (ativos digitais). No Deskfy, você consegue disponibilizar todos esses ativos dentro de uma única ferramenta, e ainda compartilhar com usuários que possuem acesso!

Outra sugestão é usar esquemas de cores, fontes, e imagens consistentes para que sua marca seja reconhecível imediatamente.

4. USE CABEÇALHOS DE MÍDIA SOCIAL COMO TÍTULOS VISUAIS (E OS TROQUE DE TEMPOS EM TEMPOS)

Esta é uma ótima (e óbvia) dica! Cabeçalhos de mídia social são espaços privilegiados que frequentemente são desperdiçados, porém são locais perfeitos para comunicar a mensagem de sua marca de modo simples e rápido para o seu público alvo.

5. PARA QUATRO POSTS DE CONVERSÃO E ENVOLVIMENTO, UM POST DE OFERTA

Não confunda mídia social com vendas. Mídia social se refere exatamente ao que o nome diz – ser social. E ser social significa ter conversas. Fazer perguntas e dar respostas e conselhos à sua comunidade.

Para melhores resultados, para cada item promocional, publique quatro itens informativos.

6. UM BOM DESIGN É UM BOM NEGÓCIO

Não se engane. O design é importante não só pelo apelo visual mas também porque alavanca o seu ponto principal.

Imagens comunicam melhor, mais rápido e com mais emoções.

Quanto melhor sua marca parecer online, mais provável será que os clientes se conectarão ao seu negócio e escolherão você.

Marcas com boa aparência competem facilmente com grandes marcas.

Você não precisa de um grande orçamento para chamar atenção. Pequenos negócios têm vantagem sobre marcas maiores pois são mais responsivos e ágeis.

Se a sua marca não for bonita, você está perdendo clientes novos e clientes mais lucrativos.

Estas dicas e estratégias foram disponibilzadas por TailorBrands. Podem ser vistas na íntegra e na forma original no link.

Ficou com alguma dúvida ou tens alguma sugestão de assunto para abordarmos? Comente abaixo!