O CEO da Deskfy, Victor Dellorto, entrevistou o Felipe Schmitt, especialista em estratégia de marca, para relatar um pouco sobre sua experiência e sobre sua visão da evolução da área. Em nossa entrevista ele relatou como ele participa nesse nicho de marketing, como começou a sua carreira e quais são os benefícios de possuir uma estratégia de marca.

O  trabalho do Felipe, de acordo com o mesmo, é alinhar a estratégia da marca -o que é representado para o público-alvo- com o que de fato é entregue – que a empresa realmente entrega em seu produto final -ou seja, a experiência do cliente-.

Importância de uma estratégia de marca

O Felipe é administrador e trabalha com a estratégia de negócios. Ele começou realizando o planejamento estratégico, implementação, BSC, gestão por indicadores, plano de ação.. Até que chegou um determinado momento que começou a participar de vários projetos com agencias de publicidade que precisavam de uma estratégias de marca, juntamente com uma estratégia de negocio, pois geralmente essas coisas estavam descasadas. Ou seja, muitas vezes a promessa da marca era uma, entretanto a entrega do produto final era outra. Assim, o Felipe como estrategista viu a oportunidade de um produto.

“A gente costuma dizer que o branding costuma ter várias ondas. Ou tendências. E a última talvez seja exatamente essa: a proximidade da marca com o cliente. Desde os anos 2000, as marcas se tornaram capacitadoras de ação. Isto é, elas se tornaram muletas ou alavancas para quem recebe o resultado final.”

UM CASO DE ESTUDO DE BRANDING

Um caso que o Felipe decidiu comentar é o caso da empresa Sorrifácil. Uma clínica odontológica voltada para a classe C. E de acordo com o Felipe, antigamente possuía um mito de que pra vender pra classe C, o empreedimento deveria ter qualidade C. Entretanto, para ele, com esse trabalho com a Sorrifácil, pode-se mostrar que não é verdade.

“Todos os pontos de contato com o público constitui a marca”

Ou seja, a sua marca e a sua promessa devem ser representadas ou estar presentes em toda ponta de contato com o cliente. Para que a experiência de compra seja positiva, como também seja completa.

“Marca é o conjunto de experiências que as pessoas adquirem com o negócio”

A SUA EXPERIÊNCIA

Omnichannel é uma tendência do varejo que se baseia na convergência de todos os canais utilizados por uma empresa. Trata-se da possibilidade de fazer com que o consumidor não veja diferença entre o mundo online e o offline. O omnichannel integra lojas físicas, virtuais e compradores.

Quando se cria um e-commerce, basicamente se cria um ponto de venda, e por esse motivo é necessário também criar fluxo, criar conteúdos e materiais na mesma lógica se fosse um ponto de venda físico.

“Como acontece o processo. O processo começa de dentro pra fora.Há duas maneiras de se criar um branding e uma delas é olhar as tendências, analisar a concorrência e tentar realizar um grande mix. E eu não acredito nesse método. E a outra -na qual eu realmente acredito- é começando identificando a real essência da marca e, à partir disso, começar uma transformação de posicionamento”

É necessário, de acordo com o Felipe, que o empreendedor ou gestor que não se pode olhar somente para o indicador, é preciso consistência de estar criando para o futuro. É saber que existe uma curva de longo prazo de crescimento.

Ficou interessado em saber mais sobre essa entrevista e aprender mais sobre branding e situações analisáveis de estratégias de marketing?

Veja a entrevista na íntegra!